sábado, 11 de agosto de 2012

É bom estar vivo

Se prestarmos bastante atenção iremos perceber a quantidade de vezes em que nossa vida corre risco, numa pequena marcha-ré, num pé relaxado abaixo do passeio, enquanto comprava um caretinha na barraca, ou dentro do busu, ou na praia.
A vida... a gente nem mesmo sabe definir de maneira decente, mas mesmo sem nunca ter experimentado uma outra sabemos que a nossa nos fará muita falta. Não vale a pena arriscá-la?
A vida... muitas vezes a gente pensa que podia ter morrido. Conheço gente que acredita que morreu mesmo. Mas tem aquele momento irremediável, sabe como é?
Tem momento que é foda. Não!, alguns momentos são melhores que muitas fodas, mas... é foda... estar vivo é foda!
Pensar, escolher, interagir, modificar, compartilhar, amar, essas ações a gente só pode realizar estando vivo e quem são os sentimentos que nos visitam no momento crucial? Acho que são esses os sentidos, sentimentos, tudo o que restará.

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Se chegue

Nome

E-mail *

Mensagem *