terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Blogger life 006

É normal plagiar a si mesmo? É considerado plágio uma cópia da própria obra? Não, né? Acho que poderia se chamar "variações sobre um mesmo tema".
Humberto Gessinger estava certo quando incluiu a perfeita simetria no cd de "O Papa é Pop", no vinil não tinha. Pode parecer sacanagem, mas os caras só querem, desde sempre, vender: LP+CD=+$$$. Que se foda! Ninguém acusou ele de plágio de si próprio., talvez seja apenas eu que fique noiado com isso. 
Uma vez, isso tem uns 4 anos, eu abri o editor de textos e comecei a escrever uma baboseira que havia me perturbado a mente por vários dias, esgotei minha gramática num ensaio literário e quando fui salvar descobri que já havia escrito um outro texto com o título parecido(não que o título importe). Salvei-o com outro nome e fui ver sobre o que se tratava o dito cujo. Para a minha surpresa havia um parágrafo inteiro, palavra por palavra idêntico ao texto que eu acabara de escrever. (Acho que já citei isso em alguma postagem e devo ter colocado também qual foi o texto, mas isso não importa agora.) O que eu quero saber é se isso é plágio ou é normal?
De repente todas as coisas que eu penso são apenas imitações...

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Se chegue

Nome

E-mail *

Mensagem *