quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Blogger life 005

Iiiixe! Carnaval eu fui me parar em Itacaré. Pense aí! Tava na pilha de ir, mas já tinha desistido por ter emprestado minha barraca e por estar com pouca grana(pra variar). Do nada, na sexta-feira um brother liga dizendo que tá descendo sozinho e que me faria até um vale pra eu descer com ele. (fazer o que, né? Eu nem queria passar o carnaval longe dessa cidade...)
Chegamos lá de madrugada, madrugada de sábado de carnaval, e chovia, e choveu todos os dias. O pedaço de praia que eu "virei dono" vai da praia de Resende até uma prainha que eu descobri depois da Ribeira, deserta e esplêndida. Uma pena que não pude ver o sol nascer em de seu berço de ouro babilônico, mas o pouco tempo que ele pôde brilhar foi como se ele nunca tivesse saído dali(na verdade nem fez tanta falta). O que eu senti falta mesmo foi de minha câmera, mas sem sol...
Pelo menos deu pra tocar violão, escrever, compor, azarar as gracinhas, fazer trilha, tomar banho de rio, de cachoeira, de mar, de ar... deu pra sentir saudade de gente que eu nem gosto mais, se o tempo voltasse mandaria todas à merda. Hoje eu preciso de cada vez menos coisas efêmeras e apesar de a efemeridade adorar a praia lá você pode se governar e dizer não, ou simplesmente se manter longe. Liberdade, é o que todo povo precisa.

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Se chegue

Nome

E-mail *

Mensagem *