terça-feira, 8 de outubro de 2013

Brasileirão rodada 27

Espero que quinta-feira o título de meu texto seja: "Futebol é simples, mas é complicado entender".

Ser brasileiro é quase sinônimo de ser futebolista. Quem não gosta de futebol não é muito normal, mas ainda existem essas almas que eu invejo cada vez mais.

Como torcedor eu sou um cara bastante tranquilo, afinal meu time já ganhou tudo que pôde pra mim, pra eu eu ver na minha existências e não nos filmes do passado, e me refestelar em comemorações altamente etílicas e alegres. Não fui a tantos jogos como gostaria, mas assisti uma final de sonho, dessas pra a gente se lembrar até em outra vida, mas não foi disso que eu vim falar. Hoje o mundo é outro. Seu Preto aqui vem falar dos 2 clássicos mais nitroglicerínicos desta rodada do brasileirão.

Bahia x Vitória
Pela lógica e pelo histórico recente o Vitória vai esculhambar o Bahia novamente dentro da nova Fonte Nova. É triste realidade do Bahia, mas clássico é clássico e tudo pode acontecer. Eu não acredito que haja alguma chance do tricolor de aço sair vitorioso.
O Vitória é um time melhor, mas clássico é clássico.

Cruzeiro x São Paulo
No primeiro turno o Cruzeiro nem tomou conhecimento do meu tricolor e deu um chocolate em pleno Morumbi. Não teve Rogério Ceni, Ganso, Luis fabiano ou Paulo Autuori pra mostrar que o São Paulo era um grande time jogando em casa, parecia mais um time pequeno jogando contra uma seleção e olhe que o cruzeiro naquela época ainda não tava tão entrosado, mas já estava arrumadinho. Quarta-feira em BH a lógica diz que a raposa vai se refestelar em seus domínios, ainda mais que o tricolor não terá seus principais ídolos e até seu novo xerife, de uma defesa que costumava ser a melhor do mundo, não vai jogar.
Eu vou torcer, como sempre, ainda mais que Muricy Ramalho estará sentado naquele banco de reservas e assim como eu sei que ele não irá entrar em campo pra perder. A principal preocupação será não tomar gols e será um "Jah nos salve" porque sem Rogério e sem Antônio Carlos é preciso ter muita fé contra o melhor ataque do Brasil na atualidade.
O Cruzeiro é um time melhor, mas clássico é clássico.

Perder para o Cruzeiro não será nenhuma desgraça devido às circunstâncias, mas domingo o meu tricolor tem outro clássico, dessa vez contra "as galinhas", e aí sim vai ser uma porra se perder.

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Se chegue

Nome

E-mail *

Mensagem *