quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Para todas as gracinhas e desgracinhas (song)

Eu não te prometo o céu
E nem o meu amor, meu bem
Quem mente pra se dar bem
É aquele outro cantor

Eu não prometo fidelidade
Eu não prometo sinceridade
Eu não prometo nada, baby

Eu não vou te chamar de querida
E prometer que vou te amar eternamente a esmo
Se é pra isso daí que você me quantiza
Podes crer que esse cara aí não sou eu mesmo

Eu não prometo fidelidade
Eu não prometo sinceridade
Eu não prometo nada, baby

Se duas pessoas querem
Ser feliz em qualquer estação
Inverno é primavera, o outono é temporão
Quando duas pessoas querem
Não precisa de muito não
Uma andorinha só é que não faz verão

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Se chegue

Nome

E-mail *

Mensagem *