segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Decresça e suma! (1991)

Quando a gente é criança, não nos esquecemos quando alguém nos diz: “cresça e apareça!” A gente cresce e vê que isso não existe, e perde a crença, e para de crescer, e quer aparecer.
Quando a gente é jovem, que sabe que pensa que sabe de tudo, mas não sabe de nada, a gente nunca para pra pensar se vale a pena crescer e ser mais um...
Perdemos a identidade que confundíamos com futilidade, criancice, então a gente cresce e aparece não pelo que queríamos, mas pelo que nos foi posto, imposto.
Nossa juventude perde a importância porque quem foi jovem antes de nós também perdeu a identidade bebendo cerveja e ouvindo bossa-nova em qualquer lugar.


(16/09/91) pouco depois do meio-dia

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Se chegue

Nome

E-mail *

Mensagem *