domingo, 15 de janeiro de 2017

Uma nação drogada e burra?

Nos últimos 20 anos aprendemos apenas a consumir mais drogas: Televisão, internet e celular. Quero que alguém me responda o que um país drogado vai se tornar com os 20 anos de atraso em educação que nossos deputados, senadores e "presidentes" estão dispostos a nos dar? Isso é pra se criar uma indisposição a liberar outras drogas??? Eu acho que não devia nem falar em política. Não me é divertido. Mesmo assim ainda temos que encarar essa realidade.
Algum dia as pessoas nesse país precisarão, e espero que vão, crescer. Mas haverá um déficit gigantesco em comparação a outras pátrias, principalmente em tecnologia, mas nem sei porque é que vim falar disso se ninguém me escuta ou lê, ou presta atenção ao que falo ou escrevo. Uma educação deficiente num país com o potencial criativo do nosso Brasil, além de uma violência, é uma idiotice incompreensível para minha pessoa. Ok. Talvez eu também pratique a auto-sabotagem, no entanto não estou levando minha nação à desgraça. Sou apenas eu sendo idiota comigo mesmo.
Cachaça pode matar em menos de 20 minutos, e daí? Álcool, café ou clonazepan? O quê terá sido mais importante para o desenvolvimento da humanidade? São umas drogas legais, bem legais em certos momentos. Uma campanha mal-intencionada na tv além de matar pode causar danos ao cérebro pro resto da vida; uma campanha de internet pode destruir diversas carreiras em segundos e a gente(usuários) vai seguindo na nossa fingindo que nada é conosco até que o bicho pega e a gente acaba, sendo otimista, se irritando. Mas tudo isso é legal.
Fazer papel de escroto, de apolítico, ser machista, tudo isso é natural. Não passa(ou pode não passar) de uma encenação, um momento de desatenção. Quem se importa? Só se vive uma vez, mas pode-se mentir quantas quiser na vida. Se você quer se enganar enquanto viver ninguém poderá te condenar por isso, mas é uma prática extremamente perigosa. Pelo menos eu acho. Talvez por não saber mentir(muito), talvez por assistir televisão demais, ou perder tempo demais no facebook.
Não sei quantos erros pode haver, mas estou certo que serão criados novos que também podem ser simulados. Mas eu quero nem saber. Quero apenas me sentir mais limpo e tranquilo do que ontem e bastante animado para amanhã acabar com tudo e recomeçar outra vez. Mas não desse jeito.

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Se chegue

Nome

E-mail *

Mensagem *