quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Sr. Preto Grande

Aonde quer que eu vou
Branco me chama de preto
Nego me chama de grande
Ô seu preto grande

E pra falar de amor
Pode rimar como preto
Preto tem fama de grande
Olha o Preto Grande poeta
Olha o Preto Grande pintor
Olha o Preto Grande atleta
Olha o Preto Grande

O nego foi subindo no morro
E logo avistou a menina tão triste
Tirou sua viola do bolso
E tocou uma canção pra que ela ouvisse
Na sua intenção pra que ela sorrisse
E ela sorriu...

Aonde quer que eu vou
Branca me chama de Seu Preto
Preta me chama de Nego
Ô seu Nego grande

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Se chegue

Nome

E-mail *

Mensagem *