segunda-feira, 17 de junho de 2013

Maioridade de Rei das Américas

LIBERTADORES DA AMÉRICA 1992

SPFC 1 x 0 Newell´s Old Boys
(O São Paulo ganhou nos pênaltis por 3 a 2)

Data: 17 de junho de 1992
Local: Estádio do Morumbi (Cícero Pompeu de Toledo)
Juiz: José Torres
Público: 105.185 pagantes
Time SPFC: Zetti, Cafu, Antônio Carlos, Ronaldo e Ivan; Adílson, Pintado e Raí; Muller, Palhinha (Macedo) e Elivélton. Técnico: Telê Santana.

Parabéns pra esse time que todos amam tanto!

Lembro deste dia como se fosse ontem, mas lá se vão 21 anos...
Engraçado como o futebol não me deixa mais tão feliz como nesse tempo. Eu era uma criança não entendia nada. Mas sabia que não teria emoção como aquela tão cedo, talvez nunca mais. É, mas eu tive. Não falo isso para que os sardinhas, porcas rosa e galinhas fiquem com raiva, na verdade eu tenho tanta alegria de lembrar disso que até me esqueço dessa rivalidade imbecil de clubes de futebol.
Telê Santana foi o maior técnico de futebol que já existiu. 10 anos antes desse São Paulo espetacular ele estivera no comando da melhor seleção que o mundo já vira jogar, talvez só a Fúria dos últimos anos possa se comparar àquele time canarinho, mas a redenção de Telê chegou 10 anos depois com o meu Glorioso time de coração. Omais curioso disso é que apenas um ano antes da copa de 82 eu passei a me interessar mais por futebol e escolhi o São Paulo pela TV. Lembro também de simpatizar com todos os times tricolores (Rubralvinegros) como o Santa Cruz e o Operário, mas isso passou restando ainda uma simpatia pelo tricolor pernambucano.
Talvez fosse a última vez que eu veria meu time ser campeão, pois naquela época eu ainda não queria chegar aos 20 anos, mas pensando bem, 21 anos depois, eu ainda sou o torcedor mais orgulhoso da história. Adoro esse orgulho. E... Foda-se! Tem gente que vê o futebol com uns olhos vesgos de loucura e não percebe que no jogo da imitação de vida e arte apenas os   torcedores tem algo realmente palpável pra celebrar, mas não deixa de ser estúpido pensar nisso como um alicerce para qualquer ideologia. Isso não é rock'n'roll, apenas um desvio.

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Se chegue

Nome

E-mail *

Mensagem *