quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Senhor motorista, respeite o ciclista!

Embora existam hoje muitas mulheres pedalando pra lá e pra cá o dia todo, acredite, meu caro amigo, animal, que comanda o animal, mecânico, de quatro rodas, a grande maioria delas  não deve ser sua mãe, pois eu creio que, assim como eu e todos os outros animais, temos apenas uma única, mas, se mesmo tendo mãe o senhor não aprecie o gênero feminino, não é necessário maltratá-las. Quanto aos ciclistas machos (eu posso falar por mim, que não tenho filhos, logo não serei eu o seu pai, e não tenho nada com seus problemas, e nem quero.), vocês não precisam ter medo nem ódio. Não andamos de bicicleta pra atrasar a sua vida, ou para lhe causar algum transtorno. Só queremos nos locomover com liberdade. Tira a porra da da mão da buzina, não precisa buzinar 20 vezes!!! Por que não reduz a velocidade um pouco e se acalma? O freio é tão eficiente quanto o barulho, quando a gente quer evitar um choque.
O trânsito, meus amigos, não pertence a este ou aquele, ao carro maior, nem ao mais apressado. Ele não é nosso. O vai-e-vem existe porque nada nesse planeta fica parado, não é verdade? Então me diz porque é que eu tenho que me fuder pela sua pressa? De acordo com a lei vocês devem se manter a uma distância de 1,5m de qualquer ciclista. Cheguem pra lá!
Desculpem a agressividade com que escrevo, mas não é gostosa a sensação de ter a vida em risco por causa de pessoas que, por estarem atrás de um volante, acham que podem literalmente passar por cima das outras.
Mais respeito!
Mais calma!
Mais prudência!
Mais amor!

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Se chegue

Nome

E-mail *

Mensagem *