sexta-feira, 4 de abril de 2014

Poema número sete

Tens razão! Só amor? Salva não! E o leite e o pão? Só assim? Sem razão?
Tem razão. Só amor. Salvação? Deleite e perdição. Só assim. Sem razão.

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Se chegue

Nome

E-mail *

Mensagem *