domingo, 20 de abril de 2014

e se eu roubar seu coração pra mim?

Se por essa porta eu entrar
E me alojar por um instante
Vou virar posseiro novo
De uma terra inconstante

E se depois de me instalar
Eu perceber algo errado
Vou me trancar lá bem trancado
Até conseguir consertar

E quando por essa porta eu sair
Vou levar o chão, o teto, a porta o tudo
E nada mais me faltará
A porta, o teto e o chão imundo
De seu peito vou arrancar
E então o amor vai assumir
A casca, o corpo e o conteúdo

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Se chegue

Nome

E-mail *

Mensagem *