terça-feira, 30 de maio de 2017

Carregado de bala

Achar que a vontade que você tem de ser quem acha que é, é capaz de se sobrepor a vontade que os outros têm de achar o que quiserem da imagem que você passa pra eles de você, não é loucura? Eu, na minha molesta opinião acho que é. Mas mesmo assim continuo pensando o que eu quero sobre o que quer que seja, inclusive sobre mim mesmo. É um problema meu, nosso, do mundo. Sou muito mais maluco quando estou pensando nos outros, mas o pensamento é apenas a munição. Não quero mais saber de balas perdidas.

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Se chegue

Nome

E-mail *

Mensagem *