terça-feira, 16 de maio de 2017

2014 poetizando e filosofando

Sinto saudade
Sinto que não amo ninguém
Sinto que preciso de mais atenção
Sinto você longe
Sinto uma vontade
Sinto todo amor dessa vida
Sinto que não preciso de mais nada
Sinto você perto

Caminhar, 
ficar atento, 
ser criativo, 
ficar ligado na respiração, 
fazer uma coisa de cada vez, 
deixar o telefone desligado de vez em quando,


ter novas experiências,
sair pro mundo não humano,
sentir o que parece que sente,
deixar a mente viajar...

lembrar que às vezes nada é sério
ter noção de que corpo e mente não tem as mesmas necessidades.

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Se chegue

Nome

E-mail *

Mensagem *