domingo, 8 de novembro de 2015

Sua fadiga é de quê?

Sabe aquele cansaço que você não imagina de onde vem?
Eu sei.
Sei só do cansaço
Nem imaginação eu quero
Pra o início nem paradeiro dele
Já sei que existe
Exílio?
Repouso?
Teremos muito disso após a morte
Será que haverá cansaço?
Se ele não vem daqui nem dali
Deve vir de lá
Pelo menos na imaginação
E imaginar também cansa
E eu sei que tô cansado pra caralho

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Se chegue

Nome

E-mail *

Mensagem *