terça-feira, 15 de março de 2011

Carnaval como as folianas

Se tem uma coisa que é realmente impressionante no carnaval é a disposição das pessoas. Nunca vi tanta energia concentrada em um movimento popular como a que é emanada pelos foliões. O cansaço até existe, mas as pessoas conseguem superar limites insuperáveis, como andar 5km sob um sol absurdo de verão.
Eu sou um velho, mas não sou puta. Só não vou mais me arriscar numa porra de uma avenida fedendo a mijo atrás de um caminhão barulhento. Eu gosto da idéia do carnaval, pela sua liberdade, pela alegria e pelas mulheres maravilhosas que a gente acaba encontrando que não temos oportunidade de "apreciar" diariamente, mas as coisas não são simples diversão. O ir e vir é bastante desempolgante seja como for que você vá: se pega o busão tá lotado, se vai de carro não tem onde parar, se vai de táxi paga mais do que devia... quem tem sorte vai a pé, mas tem que ter fé pra caralho.
Eu queria não me importar com coisa alguma e achar que as pessoas só querem mesmo se divertir e nada mais, mas a cada dia eu vejo e sinto que isso não é nem de longe a verdade.
A melhor coisa que pessoas comuns com um pouco de boas intenções na cabeça pode fazer ao chegar no carnaval é procurar um lugar onde veja pessoas alegres pelo simples fato de estarem juntas em meio à putaria. Com um pouco de observação mais atenta podemos nos livrar de graves problemas durante o circuito. Isso vale para tudo, mas, principalmente, no carnaval é vital.

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Se chegue

Nome

E-mail *

Mensagem *