terça-feira, 11 de abril de 2017

A confusão não só reina como governa

O texto em homenagem ao dia da mulher eu nem postei. Acho que foi Jah me protegendo porque ia acabar com a minha boa reputação. Um bocado de gente de todos os sexos iriam se emputecer de verdade comigo, mas era só um desabafo infanto-juvenil... porque eu ando de saco cheio de idiotias e sarcasmos estúpidos em nome de uma relação que, segundo os mais sabidos, não serve pra coisa alguma.
Talvez eu esteja escrevendo apenas pra não gritar, mas eu posso também estar inventando histórias pra não perder a cabeça e relaxar.
Sempre presto (ou tento prestar) atenção ao que eu escrevo e propagar qualquer tipo de violência contra qualquer ser de qualquer raça ou espécie, se passou despercebido aqui por mim foi mole meu, descuido, "disculpaí!"... Eu até odeio muita coisa, mas sempre evito esses assuntos inúteis de propagação de ódio. Tudo bem que nem sempre dá pra salvar o mundo, mas estragá-lo ainda mais ainda não é muito a minha.
Eu gosto de me perder nas palavras porque elas sempre me encontram, às vezes ainda mais perdido, mas elas estão lá dando essa força e lucidez que só estando vivo mesmo pra se saber. Sei que erramos muitas vezes, mas aprender nunca é tarde demais. Isso é sério mesmo.

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Se chegue

Nome

E-mail *

Mensagem *