domingo, 11 de setembro de 2016

Ah migos!

Na praça você vai ficar com seus amigos e beber um monte de cachaça. Daí começa a chegar um monte de macho e você começa a se sentir mal. Aí você fala com alguém e chamam de homofobia, aí você fica calado com sua cara de otário só se sentindo mal; Aí outro fala que tá com um pressentimento e falam que é viadagem e aí você já não entende nada: "ou o cara é homofóbico ou é viado?"
Na putaria com os amigos o cara não tá preocupado com muita coisa além da droga e a gostosa tá dando mole. Chega na praça com os caras, você acha que faz diferença com quem está as 3 mulheres num bar cheio de macho? Se ele meche com uma: "tá querendo se matar?"; se a menina meche com ele: "é porque é uma puta e quer matar o cara." E então o cara fica naquela: "ou é kamikase ou é assassinado?"
Muitos podem não acreditar no que eu digo, mas essas coisas acontecem todos os dias em algum lugar dessa cidade. O pior é que tem tanto inocente perdido nessas noites que muitos acabam mesmo se matando e ainda acabando com tudo. Mas uma coisa eu posso garantir nesses meus anos que levei de inocência: "Se você não está entre amigos, TÁ FUDIDO!" Não vá não que é barril! Muitos colocam mesmo a nossa vida em risco, mas sem eles eu acho que é mesmo preferível a morte.
Às vezes um momento de sabedoria, daqueles que levamos muito tempo de pensar, dura apenas um segundo e são melhores que uma foda, mas é só às vezes. Mas um momento de estupidez, qualquer um, o mais bruto, esses daí não valem nunca mais, mas experimenta a diferença deles estando entre amigos ou não. O compartilhamento de qualquer um deles, com certeza, com os seus amigos vai lhe dar ainda mais inspiração e isso só lhe trará mais felicidade.
Respeite seus amigos, pois eles são uns escrotos; Ajude seus amigos, pois eles são uns miseráveis; Ame seus amigos, pois eles não pensam; Perdoe seus amigos, pois são uns condenados.
E tenho dito!

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Se chegue

Nome

E-mail *

Mensagem *